Coronavírus Mundo

Pandemia já fez 1.818.946 mortos no mundo

Mais de 83.381.330 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados desde o início da epidemia

None
Shutterstock

A pandemia do novo coronavírus já fez pelo menos 1.818.946 mortos no mundo desde que a Organização Mundial de Saúde registou o aparecimento da doença na China no final de dezembro de 2019, segundo o balanço realizado pela agência France-Presse às 11:00.

Mais de 83.381.330 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados desde o início da epidemia, dos quais pelo menos 52.534.200 são considerados curados.

O balanço é feito com base nos dados comunicados diariamente pelas autoridades sanitárias de casa país, excluindo as revisões posteriores das entidades responsáveis pelas estatísticas em países como a Rússia, Espanha e Reino Unido. 

O número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do total de infeções, sendo que uma parte dos casos é menos importante ou refere-se a situações assintomáticas. Há ainda a acrescentar o aumento generalizado da realização de testes, desde o começo da pandemia.

Deste o início da pandemia, o número de testes realizados aumentou fortemente e as técnicas de despistagem melhoraram, o que levou a um aumento das contaminações declaradas.

Nas últimas 24 horas registaram-se 13.629 novas mortes e 728.621 novos casos no mundo.

Os países registaram mais movas mortes nos seus últimos balanços foram os EUA, com 3.426 novas mortes, o Brasil (1.074) e o Reino Unido (964).

Os Estados Unidos são o país mais afetado pela pandemia, tanto em casos como em mortes, com 345.844 óbitos e 19.974.883 infeções registados, segundo a contagem da Universidade Johns Hopkins.

Após os EUA, os países mais afetados são o Brasil (194.949 mortos e 7.675.973 casos), a Índia (148.994 mortos e 10.286.709 casos), o México (125.807 mortos e 1.426.094 casos), e Itália (74.159 mortes e 2.107.166 casos).

Entre os países mais duramente afetados, a Bélgica é o que regista mais mortes em proporção da sua população, com 168 mortes em cada 100.000 habitantes, seguida da Eslovénia (130), Bósnia (123), Itália (123) e Macedónia do Norte (120).

A Europa totalizava hoje 574.012 mortes e 26.569.711 casos, a região da América Latina e Caraíbas 507.687 mortes e 15.569.105 casos, os Estados Unidos e o Canadá 361.440 mortos e 20.554.203 casos, a Ásia 219.371 mortos e 13.905.767 casos, o Médio Oriente 90.031 mortos e 3.992.072 casos, África 65.460 mortos e 2.759.404 casos e a Oceânia 945 mortes e 31.068 casos.

Este balanço é realizado a partir de dados recolhidos pelos correspondentes da France-Presse junto de entidades competentes e em informações da OMS. 

Devido às correções comunicadas e pela publicação tardia de alguns valores, o aumento dos números globais, durante as últimas 24 horas, pode não corresponder exatamente aos valores que foram noticiados anteriormente. 

Fechar Menu