Turismo

Operadores turísticos convidados a conhecer a região Viseu Dão Lafões

Operadores turísticos vão ser convidados a passar  uns dias no território da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões,  no âmbito de uma estratégia de comunicação e promoção lançada hoje.

"Vamos chamar os operadores turísticos ao nosso território, para cá  passarem um fim de semana e visitarem tudo de bom que a região tem para  oferecer", explicou à agência Lusa o secretário executivo da CIM Viseu Dão  Lafões, Nuno Martinho.

O responsável realçou as potencialidades do território em termos de  turismo de natureza, de saúde e bem-estar e religioso.

"Um turista pode vir andar na ecopista do Dão, visitar um museu, provar  a vitela de Lafões e os pastéis de Vouzela e também ir visitar as quintas  do Dão", exemplificou, considerando que há recursos que, por si só, não  conseguem atrair muitos turistas mas que, em rede, podem ser potenciados.

O objetivo é que, depois de sensibilizados os operadores turísticos,  sejam "criados pacotes turísticos que incluam pernoita", prolongando também  a estadia no território.

"De facto, nós temos um vasto conjunto de recursos turísticos no território,  temos é de saber combiná-los de forma diferente", frisou o secretário executivo  da CIM Viseu Dão Lafões.

Nuno Martinho explicou que toda a estratégia de comunicação da marca  Viseu Dão Lafões é coordenada com o Turismo Centro de Portugal.

No âmbito da nova estratégia, está prevista "uma campanha de meios,  num conjunto de suportes de comunicação, em Lisboa, Porto, Salamanca e Vigo,  e também a participação em algumas feiras internacionais".

Um roteiro de experiências, "onde está retratado tudo o que a região  Viseu Dão Lafões tem para oferecer aos turistas", e uma agenda de eventos  estão também incluídos.

No que respeita à participação em feiras internacionais, Nuno Martinho  avançou, que, por exemplo, a marca Viseu Dão Lafões quer ir à Holanda, no  início de 2015, no âmbito do trabalho que está a ser feito de estruturação  do produto ecopista do Dão.

"O turismo de natureza está a subir. Nesse sentido, queremos estar no  principal mercado emissor destes turistas, a Holanda", acrescentou.

Esta estratégia de comunicação insere-se no programa "Rede Urbana para  a Competitividade e Inovação Viseu Dão Lafões", que pretende "estruturar  e afirmar a oferta e a marca Viseu Dão Lafões, comunicando uma imagem de  unidade territorial, com identidade distintiva, passível de atrair população,  visitantes e empresas, aumentando a visibilidade da rede e difundindo os  seus fatores de atratividade e competitividade".