Subiu para quatro número de mortos do surto de legionella em São Francisco Xavier

Lisboa /
10 Nov 2017 / 14:22 H.

O número de mortos provocado pelo surto de ‘legionella’ em Lisboa subiu para quatro, anunciou a Direção-geral da Saúde depois das 13:00.

O número de casos de infetados aumentou para 44, segundo um comunicado da Direção-geral da Saúde (DGS), que faz uma atualização ao balanço que tinha sido feito pelas 10:00 de hoje, quando deu conta de três mortos, vítimas do surto no hospital de São Francisco Xavier, em Lisboa.

A quarta vítima mortal é uma mulher de 97 anos, adianta a DGS, lamentando mais esta morte.

No total há 44 casos confirmados, quatro dos quais resultaram em mortes.

Segundo o comunicado da DGS, no dia de hoje foi confirmado um caso. Na quinta-feira tinham sido confirmados três casos do surto, que começou a 31 de outubro.

Dos 44 casos confirmados até ao momento, a maioria (59%) atingiu mulheres e 70% aconteceu em pessoas com 70 ou mais anos.

A ‘legionella’ é uma bactéria responsável pela doença dos legionários, uma forma de pneumonia grave que se inicia habitualmente com tosse seca, febre, arrepios, dor de cabeça, dores musculares e dificuldade respiratória, podendo também surgir dor abdominal e diarreia. A incubação da doença tem um período de cinco a seis dias depois da infeção, podendo ir até 10 dias.

A infeção pode ser contraída por via aérea (respiratória), através da inalação de gotículas de água ou por aspiração de água contaminada. Apesar de grave, a infeção tem tratamento efetivo.

Outras Notícias