Primeiro-ministro anuncia que défice de 2017 será inferior a 1,3%

21 Dez 2017 / 17:58 H.

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou hoje, perante o Presidente da República, que o défice de 2017 será inferior a 1,3% do Produto Interno Bruto (PIB), abaixo da meta de 1,4% estabelecida pelo Governo.

“Tivemos no ano passado o menor défice da nossa democracia, e este ano vamos ter um défice que hoje já podemos dizer, sem criar arrepios ao senhor ministro das Finanças, que será inferior a 1,3%”, declarou o primeiro-ministro.

António Costa falava na Sala dos Embaixadores do Palácio de Belém, em Lisboa, durante uma sessão de apresentação de cumprimentos de boas festas pelo Governo ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, também esteve nesta sessão de cumprimentos, juntamente com a maioria dos ministros do XXI Governo Constitucional e três secretários de Estado.

Há dois dias, o primeiro-ministro tinha-se manifestado convicto de que o défice deste ano iria “ficar abaixo de 1,4%”, referindo que a meta inicialmente traçada pelo Governo era 1,5% do PIB e depois foi revista para 1,4%.

Outras Notícias