Número de beneficiários de prestações de desemprego cai 15% em Setembro

Lisboa /
20 Out 2017 / 17:47 H.

A Segurança Social pagou em setembro prestações de desemprego a 188.969 beneficiários, mais 3.496 (1,9%) do que em agosto, mas menos 33.172 (14,9%) do que em setembro de 2016, segundo os dados hoje divulgados.

De acordo com os dados estatísticos disponibilizados no portal da Segurança Social, no nono mês deste ano foram processadas 188.969 prestações de desemprego, quando em agosto tinham sido processadas 185.473, naquele que foi o número mais baixo desde janeiro de 2002.

Mas, em termos homólogos, houve um recuo significativo, de 222.141 beneficiários (setembro de 2016) para 188.969 beneficiários (setembro de 2017).

As prestações de desemprego incluem o subsídio de desemprego, o subsídio social de desemprego inicial e o subsequente, o prolongamento do subsídio social de desemprego e a medida extraordinária de apoio aos desempregados de longa duração.

De resto, no final de setembro havia 1.072.410 titulares do abono de família, menos 3% face ao mesmo mês de 2016.

Os beneficiários do subsídio de doença ascenderam no período a 112.203, menos 2% do que em setembro do ano passado.

Já o número de beneficiários de prestações de parentalidade avançou 4% em termos homólogos para 36.188 em setembro.

O número de beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI) baixou 2% para 210.065, enquanto o número de beneficiários do Complemento Solidário para Idosos (CSI) subiu 4% para 165.736.

Por fim, o número de beneficiários de Pensões de Velhice aumentou ligeiramente (0,2%) para 2.035.585.

Outras Notícias