Moedas vê Portugal e Europa na vanguarda da economia digital como nos Descobrimentos

28 Nov 2017 / 12:27 H.

O comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação comparou hoje Portugal e a Europa com a centralidade que protagonizaram nos séculos XIV e XV, antevendo nova liderança do Velho Continente na economia digital através de “abertura e conhecimento”.

O português Carlos Moedas, que discursava num evento sobre a estratégia portuguesa para a próxima década, em Lisboa, referiu que até à fase dos Descobrimentos, “a Europa não era o centro do mundo”, pois foi “o almirante chinês Zheng He” quem “descobriu uma grande parte do mundo, com barcos cinco ou seis vezes maiores e com mais de 28.000 homens”.

“O caminho para voltarmos a ter a centralidade que tivemos durante séculos só pode vir, como veio no século XIV e XV, por mais abertura e mais conhecimento, uma abertura que seja inteligente e reciproca”, defendeu.

Moedas lembrara que fora o imperador chinês, em 1430, a optar pelo isolacionismo porque “o que vinha de fora era perigoso para a China e para a maneira como a China pensava”.

“O problema é que, hoje, o centro do mundo está novamente a voltar para o Oriente. A China, há 30 anos, representava 2% da riqueza do mundo, hoje, representa quase 20%. A Europa e os EUA representavam 30% e hoje representam 20%. Mesmo um país como a Alemanha representa apenas 1% da população do mundo”, afirmou.

Referindo-se ao fenómeno da digitalização da economia, o antigo secretário de Estado-Adjunto do primeiro-ministro, então Passos Coelho (PSD), afirmou que a Europa liderou “a primeira fase” - a da “construção da Internet”, mas perdeu na “segunda vaga, que se caracterizou por construir sobre as infraestruturas”.

“Vamos entrar numa terceira fase: a invasão do mundo digital no nosso dia-a-dia”, previu, receitando como trunfos “voltar à ciência fundamental (engenharia e tecnologia), ter “investidores diferentes - capital paciente” e não o modelo anglo-saxónico de investir e retirar e uma “capacidade de regular de maneira diferente, pois a Internet está a entrar na saúde, na educação, nos governos, uma regulação não por advogados, mas por engenheiros”, disse.

Segundo o responsável europeu, “os próximos empreendedores não vão ser os ‘facebooks’, mas os que estão na intersecção entre a área pública e a área privada”.

“Portugal está numa quarta fase de integração europeia (após a consolidação da democracia, os fundos estruturais e a “exuberância que deu origem à crise das contas públicas e crise financeira”) e tem uma oportunidade única: a oportunidade de falar mais alto, de ser mais assertivo e de liderar os destinos da Europa como fez há 500 anos”, perspetivou.

Para o comissário europeu, “na construção do próximo quadro financeiro plurianual, Portugal deve ser o fiel da balança entre os mais ricos e menos ricos, entre os que contribuem e os que recebem e o grande desafio do futuro serão as escolhas orçamentais inteligentes. Um orçamento focalizado nos resultados e no conhecimento”.

“Politicamente, Portugal tem a sorte de poder ter um consenso nacional em relação a dois temas cruciais para o futuro da Europa: à volta da União Bancária e a União de Mercados de Capitais em que sentimos na pele a dificuldade dos acessos ao crédito das nossas empresas e o preço desse mesmo crédito devido à falta de uma verdadeira União Bancária e de capitais. E do mercado único, que é uma peça fundamental para um país em que as exportações são e serão sempre a chave para o futuro”, reforçou.

Citando o antigo Presidente da Estónia Lennart Meri sobre a estratégia económica de um pequeno país, Moedas aproveitou a máxima daquela antigo chefe de Estado balcânico para dizer que “um país à beira mar nunca é um país pequeno”, acrescentando que “Portugal sempre foi grande”.

Carlos moedas abriu assim o ‘workshop’ (oficina intelectual) Estratégia Portugal 2030” no Teatro Thalia, Lisboa, que reúne diversos especialistas internacionais sobre vários temas: desafio demográfico, digitalização, urbanização e mobilidade ou uso de recursos e economia circular.

Outras Notícias