Marcelo felicita cientistas e espera que o seu mérito não seja esquecido em Portugal

Lisboa /
19 Set 2018 / 15:57 H.

O Presidente da República felicitou hoje um conjunto de cientistas portugueses distinguidos pela Comissão Europeia com bolsas de investigação e disse esperar que o seu mérito “não seja mais tarde esquecido no apoio à ciência em Portugal”.

Numa mensagem divulgada no portal da Presidência da República na Internet, Marcelo Rebelo de Sousa “felicita os cientistas portugueses Isabel Mercês Ferreira, Rui Fernandes da Costa, Cláudio Franco e Hélder Almeida Santos, distinguidos pela Comissão Europeia com bolsas complementares de investigação”, através do Conselho Europeu de Investigação.

Segundo o chefe de Estado, “o reconhecimento da excelência dos projectos apresentados confirma, mais uma vez, que quando são muitos bons os portugueses são dos melhores, nesta caso da Europa”.

“Importa também que o mérito reconhecido a estes nossos compatriotas não seja mais tarde esquecido no apoio à ciência em Portugal”, acrescenta Marcelo Rebelo de Sousa.

Esta nota surge um dia depois de ter sido noticiado que a cientista Maria Manuel Mota, distinguida em 2013 com o Prémio Pessoa, ficou fora dos 500 investigadores a quem foram atribuídos contratos de trabalho para os próximos seis anos ao abrigo do Concurso Estímulo ao Emprego Científico da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

Outras Notícias