Marcelo em Espanha defende luta conjunta na União Europeia e reforma dos sistemas políticos

17 Abr 2018 / 10:42 H.

O Presidente da República defendeu hoje que Portugal e Espanha têm de lutar juntos na União Europeia na negociação do quadro financeiro plurianual e da política agrícola e, no plano nacional, devem reformar os respetivos sistemas políticos.

Marcelo Rebelo de Sousa falava na abertura de um Encontro Empresarial Espanha-Portugal, na sede da Confederação Espanhola de Organizações Empresariais (CEOE), em Madrid, durante a sua visita de Estado a Espanha.

“Os próximos meses serão decisivos para a Europa e para nós. Temos de lutar juntos pelo quadro financeiro plurianual, pensar na coesão, na Política Agrícola Comum (PAC), na inovação e qualificação, e pela união económica, financeira e bancária. E por instituições fortes, próximas dos europeus, eficientes e prestigiadas que travem populismos, aventureirismos e tentações corrosivos do projeto europeu”, afirmou.

Na presença do ministro espanhol da Economia, Román Escolano, e do ministro português dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, o Presidente da República completou: “Ao mesmo tempo que fazemos tudo para que os sistemas políticos domésticos se reforcem, se antecipem, se reformem, não criando vazios sempre contraproducentes”.

Outras Notícias