Lufinha chega a Oeiras e fixa novo recorde mundial de kitesurf em dupla

13 Set 2017 / 20:21 H.

O recordista internacional da maior viagem em kitesurf sem paragens, o português Francisco Lufinha, chegou hoje a Oeiras e fixou um novo recorde mundial de travessa de kitesurf em dupla, ao percorrer 1.646 quilómetros.

Ao lado da alemã Anke Brandt, Lufinha partiu em 04 de setembro de Ponta Delgada, na ilha açoriana de São Miguel, e chegou hoje a Oeiras, dentro do período estimado de cinco a dez dias que tinha definido antes da partida.

“É muito gratificante ter atingido esta nova meta e ter definido um novo recorde mundial. Dez dias depois, conseguimos finalizar esta travessa extremamente dura, que exigiu muitíssimo de nós em termos físicos e psicológicos”, apontou, já na marina de Oeiras.

Lufinha elencou ainda os vários contratempos que surgiram durante a travessia, de pranchas partidas a ventos desfavoráveis, mas o resultado satisfaz ambos os tripulantes depois de uma “travessia muito exigente” pelo “fantástico mar português”, apontou Brandt,

A alemã, que ligou o Bahrain a Abu Dhabi, fazendo 489 quilómetros em cima de uma prancha de kitesurf em 30 horas, acompanhou Lufinha na travessia, que fixou um novo marco mundial.

A travessia entre o arquipélago dos Açores e o continente era a última ‘etapa’ do projeto de Francisco Lufinha, intitulado “Portugal é Mar”, que ligou todo o território nacional por mar em kitesurf.

Em 2013, Lufinha ligou o Porto a Lagos, em 2014 as ilhas Selvagens ao Funchal e em 2015 estabeleceu o novo recorde do mundo, unindo Lisboa à ilha da Madeira em 48 horas, percorrendo 874 quilómetros em kitesurf, juntando-lhe agora a ligação Ponta Delgada-Oeiras.

Tópicos

Outras Notícias