Já pode plantar e dar o nome à sua própria árvore nos CTT

Segundo a Quercus desde o início do projecto ‘Uma Árvore pela Floresta’ já foram plantadas 80 mil árvores

País /
23 Ago 2018 / 12:34 H.

A iniciativa ‘Uma Árvore pela Floresta’, fruto da parceria entre os CTT e a QUERCUS, está de volta para a sua próxima edição.

Na edição de 2018 estão à venda dois kits, um sobreiro e uma azinheira, por 3,50 euros cada, disponíveis em 400 Lojas CTT espalhadas por todo o país. Pela primeira vez, os kits também estarão disponíveis na Loja Online, com portes grátis para território nacional.

Por cada venda, a Quercus é informada e na próxima Primavera planta todas as árvores.

Este projecto permite florestar com espécies autóctones diversas Áreas Protegidas e Matas Nacionais do nosso País, em particular as zonas mais afectadas pelos incêndios. Segundo a Quercus, desde o início do projecto já foram plantadas 80 mil árvores.

“Os CTT no âmbito da sua política de sustentabilidade voltam a associar-se à iniciativa ‘Uma Árvore pela Floresta’, em parceria com Quercus” diz António Pedro Silva, administrador dos CTT.

“Os kits ‘Uma Árvore pela Floresta’ estão à venda em 400 Lojas CTT distribuídas pelo país, bem como online através do site dos CTT, até ao final do ano 2018. Todos aqueles que aderirem à iniciativa estarão, desta forma, a contribuir para a reflorestação das zonas afectadas pelos incêndios em Portugal, uma vez que a Quercus irá plantar uma espécie autóctone por cada kit vendido, em zonas classificadas e áreas ardidas. Convidamos a mais uma grande adesão do público este ano, com vista à promoção de uma floresta nacional mais resistente.”

Para João Branco, Presidente da Quercus, “A Quercus e os CTT têm vindo, ao longo dos últimos anos, a colaborar activamente em várias acções de sustentabilidade ambiental ligadas à defesa da floresta autóctone portuguesa. Através da colaboração com várias entidades e voluntários, colhem-se sementes para produzir plantas, plantam-se árvores e arbustos, cuidam-se de bosques, previnem-se os fogos florestais e promove-se a educação ambiental através da preservação da biodiversidade e da floresta.”.

Este projecto, vencedor em 2015 do prémio Green Project Awards na categoria “Iniciativa de Mobilização” e do prémio Ambiente da PostEurop em 2016, uma organização afiliada das Nações Unidas, permite que os portugueses contribuam para a criação de bosques mais sustentáveis e resistentes a incêndios e promove a sensibilização para a importância da biodiversidade e da prevenção dos incêndios florestais.

A edição de 2018 conta ainda com a contribuição dos alunos do IADE-Universidade Europeia, que se quiseram associar à iniciativa, produzindo alguns materiais de comunicação.

Através desta parceria com a QUERCUS, os CTT reforçam a sua política de apoio à biodiversidade e de combate às alterações climáticas, expressa através dum portefólio ecológico ou carbonicamente neutro (Correio Verde, DM Eco e Expresso/Encomendas), da aposta na eficiência energética e carbónica, e da expansão da sua frota sustentável, a maior do país, os quais permitiram aos CTT reduzir a sua pegada carbónica em 64% entre 2008 e 2017.

Acompanhe o projecto e registe a sua árvore em http://umaarvorepelafloresta.quercus.pt/

Outras Notícias