IKEA Portugal atribui 572,26 euros em fundos de pensão a mais 1.500 trabalhadores

07 Dez 2017 / 04:31 H.

Mais de 1500 trabalhadores da IKEA Portugal vão receber este ano 572,26 euros em fundos de pensão, um prémio de fidelidade para quem está na empresa há cinco anos, valor pago quando se reformam, disse a responsável de retalho.

“Estamos muito orgulhosos, [...] este é um contributo importante para a reforma e nós temos muitos colaboradores que trabalham a vida inteira no IKEA”, referiu hoje Helen Duphorn, durante um encontro com os jornalistas.

O programa ‘Tack!’ (Obrigado, em sueco) premeia anualmente a fidelidade dos trabalhadores, que estão no grupo há pelos cinco anos, através um fundo que só pode ser acedido quando estes entram para a reforma.

Todos os anos, depois do fecho dos resultados, o grupo sueco de mobiliário e decoração destina um valor global ao prémio, a repartir pelos funcionários elegíveis.

Este ano, através do ‘Tack!’, serão atribuídos 572,26 euros a 1.587 trabalhadores em horário completo, o que representa 69% dos 2.300 funcionários da IKEA Portugal.

Por sua vez, os trabalhadores a tempo parcial recebem um valor proporcional às horas de trabalho que executam.

O programa assegura ainda que os funcionários que abandonem o grupo recebam, após se reformarem, o valor amealhado até à sua saída.

Em 2016, o grupo alocou 96 milhões de euros a este programa, que já distribuiu, desde 2013, um total de 509 milhões de euros.

Helen Duphorn revela que a estratégia para Portugal passa pela abertura de lojas que estejam mais próximas dos consumidores, bem como de pontos de recolha para as compras feitas pela internet, referindo a intenção do grupo chegar “a todos os portugueses”.

As vendas da IKEA Portugal subiram 17% para 397 milhões de euros no ano fiscal de 2017, que compreende o período entre 01 de setembro de 2016 e 31 de agosto deste ano.

No período de referência, os lucros do grupo IKEA ascenderam a 2,5 mil milhões de euros, enquanto as vendas totais subiram 3,8% para 34,1 mil milhões de euros.

O grupo não divulga resultados líquidos para Portugal.

No ano fiscal de 2017, o grupo inaugurou 13 lojas, totalizando atualmente 355 espaços em 29 países, 43 centros comerciais em 15 países, 24 pontos de entrega e encomenda em 12 países, 31 centros de distribuição para lojas em 18 países e 26 centros de distribuição para clientes em 13 países.

Outras Notícias