Empresa de colchões pagou mil euros a funcionário para dormir

05 Set 2018 / 18:56 H.

Tiago da Silva Almeida dorme oito horas, das 9 às 17, com um único propósito: testar colchões. O homem de 30 anos, natural de Vila Nova de Famalicão, foi contratado durante um mês por uma empresa de colchões sediada em Paços de Ferreira e irá receber mil euros.

A notícia insólita é avançada pelo Jornal de Notícias, explicando que a empresa de Paços de Ferreira “pretende ter um testemunho real da eficácia dos seus produtos” e para isso nada melhor do que ter alguém, nas suas instalações, a testá-los.

Tiago da Silva Almeida foi o eleito entre quatro mil candidatos.

Outras Notícias