Elza Pais considera declarações de Manuel dos Santos “inenarráveis e de xenofobia extrema”

Deputada socialista reage às afirmações do colega de partido e eurodeputado, que chamou Luísa Salgueiro de “cigana” em termos considerados ofensivos

17 Jun 2017 / 14:32 H.

A deputada socialista Elza Pais criticou hoje “veementemente” o eurodeputado socialista Manuel dos Santos que chamou “cigana” à deputada Luísa Salgueiro, classificando as declarações do eurodeputado como “inenarráveis e de uma xenofobia extrema”.

Para a presidente do departamento nacional das mulheres socialistas, trata-se de um comentário “nada digno de um eurodeputado” e de quem “não consegue colocar as críticas à candidata Luísa Salgueiro, candidata à Câmara de Matosinhos, no campo do confronto político, onde elas devem ser colocadas” e o faz “no domínio do sexismo e da xenofobia”.

A antiga presidente da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG) considera que o eurodeputado Manuel dos Santos devia fazer um “pedido de desculpas público” à deputada Luísa Salgueiro, já que fez comentários “muito pouco dignos” e que violam os valores da família política a que pertence e que se pautam “pelos princípios da igualdade e não discriminação”.

Questionada sobre se um pedido de desculpas é suficiente, Elza Pais lembrou que o secretário-geral do PS já disse que iria colocar a questão na comissão de jurisdição para se avaliar inclusivamente a expulsão do eurodeputado do partido.

“O secretário-geral foi muito mais longe até”, observou, sublinhando que o PS “não pode aceitar de maneira nenhuma que pessoas que têm responsabilidade política” tenham comentários “duma xenofobia extrema e de um sexismo inenarrável”.

Na rede social Twitter, o eurodeputado socialista Manuel dos Santos chamou, na quinta-feira, “cigana” à deputada do PS Luísa Salgueiro, “não só pelo aspeto”, mas porque “paga os favores que recebe com votos alinhados com os centralistas”.

“Luísa Salgueiro, dita a cigana e não é só pelo aspeto, paga os favores que recebe com votos alinhados com os centralistas”, escreveu Manuel dos Santos num dos ‘tweets’.

Estes ‘tweets’ começaram com críticas aos deputados socialistas do Porto que votaram na Assembleia da República uma saudação à candidatura de Lisboa para acolher a Agência Europeia do Medicamento (EMA).

Tópicos

Outras Notícias