Bombeiros anunciam criação de Federação Nacional

14 Nov 2017 / 16:31 H.

A Associação Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP) e a Associação Portuguesa de Bombeiros Voluntários (APBV) anunciaram, esta terça-feira, a criação da Federação Nacional dos Bombeiros Portugueses.

Esta Federação é uma união de esforços entre a ANBP e a APBV no sentido de reivindicar medidas e organização estruturante para os bombeiros, enquanto legitimas representantes do bombeiros profissionais e voluntários.

A ANBP e a APBV querem ver a sua representatividade reconhecida e fazer parte da gestão do fundo social do bombeiro, actualmente apenas gerido pela Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP). Como tal, propõem a constituição de um grupo de trabalho de onde façam parte os representantes dos bombeiros profissionais e dos bombeiros voluntários.

Por outro lado, os bombeiros reivindicam a constituição de um grupo de trabalho composto por representantes da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, da Associação Portuguesa de Bombeiros Voluntários e da Liga de Bombeiros Portugueses, tutelado pela Autoridade Nacional de Protecção Civil, que faça uma distribuição equilibrada e com prioridades bem definidas das verbas angariadas com as campanhas e solidariedade

A Federação Nacional dos Bombeiros Portugueses defende ainda: reformas para os Bombeiros Profissionais e Voluntários; definição de idades para prestação do socorro; manutenção da percentagem/ bonificação do tempo despendido pelos bombeiros para efeitos de aposentação que são pagos pelos bombeiros. Os bombeiros querem a bonificação de 25%; alteração no valor das coberturas de seguros; assistência médica periódica; que a supervisão da Escola Nacional de Bombeiros seja totalmente detida pela Autoridade Nacional de Protecção Civil, entre outras medidas.

O comunicado da critica ainda o facto da ENB em Portugal ser a única instituição na Europa financiada pelo Estado e dirigida/ gerida por uma entidade privada.

Outras Notícias