Bolsa de Lisboa em alta ligeira com EDP Renováveis a subir 1,17% e Pharol a cair 1,19%

Lisboa /
20 Set 2017 / 09:21 H.

A bolsa de Lisboa estava hoje em alta ligeira, com as acções da EDP Renováveis a subirem 1,17% para 7,202 euros e as da Pharol a descerem 1,19% para 0,313 euros.

Cerca das 09H05 em Lisboa, o principal índice, o PSI20, outra vez com apenas 18 títulos, estava a subir 0,07% para 5.306,35 pontos - com nove ‘papéis’ a valorizarem-se, oito a caírem e um inalterado (Novabase) -, depois de ter subido em 19 de junho até aos 5.330,60 pontos, um máximo dos últimos 18 meses.

Além dos títulos da EDP Renováveis, os da Mota-Engil e da Semapa eram dos que mais subiam, estando a valorizarem-se 2,63% para 3,04 euros e 0,71% para 15,55 euros.

Em sentido contrário, além das acções da Pharol, as da REN eram das que mais desciam, designadamente 0,65% para 2,766 euros.

A Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) deixou em 12 de Setembro de fazer parte do PSI20, conforme determinou a gestora da bolsa portuguesa, depois de em 11 de Setembro a Montepio Geral Associação Mutualista (MGAM) ter anunciado que passou a controlar 98,28% do Fundo de Participação da Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) após a Oferta Pública de Aquisição (OPA) voluntária que lançou no início de Julho.

Na passada sexta-feira, a Standard & Poor’s (S&P) reviu em alta o ‘rating’ atribuído à dívida soberana portuguesa de ‘BB+’, a nota mais elevada de não investimento, para ‘BBB-’, a mais baixa de investimento, dispensando o passo intermédio habitual de subir a perspetiva, de ‘estável’ para ‘positiva’ antes de o fazer.

As previsões da economia a crescer 2% em média até 2020, um défice de 1,5% este ano e menos riscos no acesso ao financiamento levaram a agência de notação financeira S&P a tirar Portugal do ‘lixo’, uma decisão que foi anunciada na sexta-feira.

Na Europa, as principais bolsas estavam em hoje em alta, pendentes das conclusões da reunião de política monetária da Reserva Federal norte-americana (Fed), que serão hoje anunciadas.

Além das conclusões da reunião da Fed, os investidores estarão atentos à reunião de política não monetária do Banco Central Europeu (BCE) e já esperam pelos resultados das eleições legislativas na Alemanha de domingo.

Em Nova Iorque, a bolsa em Wall Street terminou na terça-feira com o Dow Jones a subir 0,13% para 22.445,54 pontos, um novo máximo desde que foi criado em 1896.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de divisas de Frankfurt, a subir para 1,2010 dólares, contra 1,1979 dólares no encerramento de terça-feira.

O barril de petróleo Brent, para entrega em novembro, abriu hoje em alta, a cotar-se a 55,32 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, mais 0,32% do que no encerramento da sessão anterior.