Festival Italiano na Madeira

O nosso caminho tem que ser sempre o de valorizar a nossa cultura e as nossas mais valias quebrando barreiras e apresentado-as um pouco por todo o lado

10 Mai 2018 / 02:00 H.

Irá decorrer neste final de semana o segundo Festival Italiano, desta feita na Madeira. Três dias de cultura e gastronomia italiana “invadem” a Praça Almirante Reis no Funchal entre 11 a 13 de Maio. O campeonato será seguramente um dos principais fatores de interesse com a eleição do melhor Pizzaiolo (profissional especializado na confecção de Pizzas) da região que irá posteriormente integrar a seleção Nacional que estará presente no Campeonato do Mundo em Itália no próximo mês de Junho.

Este evento é no entanto apenas um dos muitos que enriquecem culturalmente a nossa ilha. Com actividades que vão desde os workshops, os shows de acrobacia para famílias e crianças bem como um laboratório para os mais novos e, muito importante um almoço solidário para uma instituição de cariz social mas também concertos e espectáculos de música italiana esta é para mim uma forma soberba de unirmos o poder local e regional com a iniciativa privada tal como acontece com o Miut, o Aleste e vários outros espaçados pelos diferentes meses do Ano.

Esta é também uma forma de combater a sazonalidade e trazer mais motivos de interesse para quem nos procura e quanto mais rica conseguir ser a nossa programação mais turistas nos procurarão. Neste caso estão de parabéns a Mercearia dos Avôs e o Chef Rui Rodrigues por não se limitarem a tratar do seu próprio negócio e avançarem para um projecto desta natureza que leva para as ruas a sua arte. Por vezes é bem mais fácil ficarmos quietos no nosso canto ao invés de nos darmos “ao trabalho” de produzir com o trabalho e “as chatices” inerentes. Mas são este tipo de conteúdos que enriquecem as pessoas e a própria Região e nos fazem avançar.

Será por esse motivo importante compilar este e outros eventos e começar a comunica-los sob forma de programação anual nos canais devidos para que, por esse Mundo fora, se saiba o que estamos a fazer e para que o grau de interesse possa também subir , passando a ser não só um destino meramente ligado ao sol , às praias e à natureza para passar a ser também ligado à qualidade das nossas produções e aos espectáculos diferenciados que apresentamos.

Quem sabe se não começamos também nós a abrir os olhos para o que os outros fazem e a agarrar neste tipo de conceitos como veículo de exportação, trabalhando o melhor que temos por cá como a maravilhosa poncha, as espetadas e outros produtos realizando lá fora concursos e promoções do género. O nosso caminho tem que ser sempre o de valorizar a nossa cultura e as nossas mais valias quebrando barreiras e apresentando-as um pouco por todo o lado. Sempre que a iniciativa privada e o poder público andam de braço dado por bons motivos , assente num equilíbrio de objectivos e comportamentos como forma de crescimento reúnem-se as condições essenciais para estarmos mais próximos do sucesso. Venham mais.

José Paulo do Carmo
Outras Notícias