A comadre ficou enchurricada

14 Fev 2018 / 02:00 H.

Que esta coisa do clima está a mudar, já não é novidade para ninguém. E isso leva muita gente a pensar que o inverno já está velho ou em vias de extinção e que já nem tem força para dar umas carreirinhas.

O certo é que este ano, nestas duas primeiras semanas do mês do entrudo, o rapaz mostrou que felizmente está de boa saúde e rijo como há 40 ou 50 anos.

Para alegria dos compadres, ele apareceu aí uns dias antes da semana das comadres e como é hábito - ou era - estes começaram logo a “pegar” com suas amigas comadres. Coisas do género: “já vem aí a chuva para as comadres não terem de lavar os terreiros” ou “com este vento as comadres tem de ter cuidado com as saias”. Não sei por que razão mas todas as piadas trocadas entre compadres e comadres, nesta altura, estão associadas ao clima.

Como o inverno, felizmente, ainda está de boa saúde este ano ninguém levou a melhor. Foram duas semanas iguaizinhas de bom tempo: chuva, vento, frio e até neve.

O José do Pico é peste para se meter com as comadres e mandar essas piadas. Foi o que aconteceu, mais uma vez, na quinta-feira de comadres, quando passou pela Maria do Corgo. Porém, este ano, como o frio já vinha da semana anterior, e ela lida mal com o mesmo, não gosto da piada. Ficou toda enchurricada e nem lhe deu trocou.

Para azar do José, a semana dos compadres foi igual à das comadres: bom tempo (chuva, vento e frio). Por isso, andou a semana fugido delas. Mas no domingo, depois da missa, no bar do pé da Igreja, onde se juntam todos, a coisa pegou duro. Aquilo até parecia antigamente, quando havia comícios, só que em vez de ser os partidos, eram as comadres e compadres. Aquilo é que foi lavar. Foi da maneira que passou o enchurrico à Maria do Corgo. Vingou-se! Não perdoou um compadre que fosse.

Foi quase como naquela casa da Avenida do Mar, onde falam, falam, brigam uns com outros até parece que vão jogar à porrada, mas no fim, vão para a cerveja todos juntos. A diferença aqui é que, enquanto se bebia um vinhinho madeira, brincou-se com a situação, falou-se e riu-se com as piadas. E quando chegou a hora de almoço já tinham passado os enchurricos e foi cada um para sua casa almoçar e tratar da bicharada.

Joel Freitas

Tópicos