Visto de negócios para portugueses nos EUA pode ser aprovado até final do ano

EUA /
04 Set 2018 / 10:37 H.

A legislação que prevê a abertura, nos Estados Unidos, de duas categorias de vistos de negócios para cidadãos portugueses, conhecida pelo acrónimo AMIGOS, poderá ser aprovada “antes do final do ano”, disse à Lusa o congressista luso-americano Jim Costa.

“Penso que este esforço de ‘visa waiver’ para portugueses seria bom para Portugal e para os Estados Unidos”, disse o político californiano. “Estamos a ganhar tração no Senado e estou esperançado que antes do final do ano consigamos aprovar esta legislação”, reforçou.

A proposta, designada “Advancing Mutual Interests and Growing Our Success Act” (AMIGOS), foi introduzida na Casa dos Representantes por Jim Costa, representante do 16.º distrito da Califórnia, por David Valadão, luso-americano que representa o 21.º distrito do Estado, e David Cicilline do 1.º distrito de Rhode Island.

Trata-se de legislação que dará aos cidadãos portugueses acesso aos vistos E-1 e E-2, reservados para pessoas que queiram entrar nos Estados Unidos para trocas comerciais ou investimentos “significativos”. Estes vistos “estão disponíveis para outros países europeus” e a intenção dos congressistas é estendê-los a Portugal, face às trocas comerciais de “mais de 4 mil milhões de dólares” entre empresas portuguesas e americanas no ano passado.

O congressista luso-descendente, cujos avós emigraram dos Açores para os Estados Unidos, salientou que esta legislação pretende melhorar “as relações luso-americanas” e que faz parte dos seus esforços relativos à reforma das leis de imigração para o país.

Jim Costa antecipa a aprovação no Senado e na Casa dos Representantes já depois das eleições intercalares de novembro, na qual estarão em jogo as maiorias detidas actualmente pelos Republicanos.

Outras propostas de reforma da imigração defendidas pelo congressista democrata, tais como a criação de uma via de legalização dos imigrantes sem documentos que residem no país, “com este Congresso não passam”, afirmou.

Eleito como congressista pela primeira vez em 2004, o luso-descendente Jim Costa irá defender o seu lugar como representante do 16.º distrito da Califórnia, que abrange a região central do San Joaquin Valley, nas eleições de 6 de Novembro. A sua opositora é Elizabeth Heng, candidata pelo partido Republicano.

Outras Notícias