Vários feridos pela resposta da polícia a protestos no Bangladesh

04 Ago 2018 / 16:38 H.

A polícia fez hoje vários feridos, ao dispersar, na capital do Bangladesh, com gás lacrimogéneo e bastões para dispersar um protesto de centenas de estudantes contra a morte de dois colegas no trânsito.

Testemunhas e notícias registaram uma situação de caos em Dhaca, nomeadamente protestantes a atirar pedras à polícia, que, em resposta, deixou feridos vários protestantes. Um jornal local indicou que terão ficado 25 pessoas feridas.

Desde o domingo passado que se multiplicam os protestos devido à morte de dois estudantes universitários, que foram atingidos mortalmente por dois autocarros.

Os protestos têm paralisado a cidade de 10 milhões de pessoas, com os autocarros a recusarem deslocar-se a Dhaka.

Com eleições gerais marcadas em dezembro, o governo do primeiro-ministro Sheikh Hasina tem criticado o partido nacionalista do país, o principal da oposição, de usar os estudantes para criar o caos e lucrar politicamente.

Os jovens têm pedido maior segurança nas estradas do Bangladesh, sector que é caracterizado pela corrupção, dado que circulam muitos condutores não habilitados e veículos ilegais.

Pelo menos 12 mil pessoas morrem anualmente em acidentes rodoviários.

Os autocarros são fundamentais no transporte pelo país, onde os comboios circulam sobrelotados e a maioria das pessoas não tem posses para comprar carros.

Outras Notícias