Trump admite “opção militar” na Venezuela

12 Ago 2017 / 10:00 H.

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, admitiu esta sexta-feira uma “possível opção militar” na Venezuela.

“A Venezuela não é longe e há pessoas que sofrem e pessoas que morrem”, afirmou o chefe de Estado norte-americano. “Temos várias opções para a Venezuela, incluindo uma possível opção militar, se necessário”, referiu, sem precisar mais detalhes.

Fonte do Pentágono já confirmou, entretanto, à Reuters que não recebeu ordens da Administração Trump sobre a Venezuela.

A situação na Venezuela é de grande instabilidade com a oposição a criticar as eleições e a formação de uma nova Assembleia Constituinte. O povo tem saído à rua nos últimos meses, mais de 120 pessoas já morreram em manifestações contra Nicolas Maduro.

Donald Trump referiu, na mesma conferência de imprensa, que a situação da Coreia do Norte “é muito perigosa”, garante que está a ponderar novas sanções ao país e adianta que vai falar com o Presidente da China sobre a questão de Pyongyang.

Outras Notícias