Tribunal curdo ratifica vitória do “sim” no referendo independentista

95% dos participantes votaram a favor da separação do Iraque

Iraque /
05 Out 2017 / 17:05 H.

Um tribunal curdo ratificou hoje o resultado do referendo favorável à independência da região autónoma do Curdistão iraquiano, informou o responsável pela Comissão eleitoral do Curdistão, Hendrin Mohammed, citado pela agência noticiosa Efe.

O mesmo responsável precisou que os três juízes que integram o Tribunal de apelação de Erbil, a capital do Curdistão, ratificaram os resultados do referendo de 25 de Setembro, no qual 95% dos participantes votaram “sim” à independência e à separação da região do Iraque.

A concretização desta consulta no Curdistão iraquiano, proibida pela justiça do Iraque e cujo resultado não é reconhecido por Bagdad, aumentou as tensões com o Governo iraquiano e os países vizinhos onde existem minorias curdas, em particular a Turquia do Presidente Recep Tayyip Erdogan, que tem insistido na sua firme oposição à formação de um Estado curdo.

Na sequência da consulta de autodeterminação, Bagdad cancelou todos os voos internacionais provenientes ou em direcção ao Curdistão iraquiano e congelou as transferências de divisas para os bancos curdos, decisão parcialmente levantada na quarta-feira a quatro entidades curdas que prometeram “seguir as instruções” do Banco central iraquiano.

O Governo de Bagdad também vetou as exportações de produtos derivados do crude, numa região que possui das maiores reservas petrolíferas da zona, e anunciou a intenção de controlar a extracção de crude proveniente dos poços na disputada cidade de Kirkuk, no nordeste do país.

Outras Notícias