Tempestade Kai-Tak faz 26 mortos nas Filipinas

17 Dez 2017 / 10:39 H.

Vinte e seis pessoas morreram em desmoronamentos de terras provocados pela tempestade Kai-Tak, nas Filipinas, anunciaram hoje as autoridades locais.

“Há um total de 26 pessoas mortas nos deslizamentos de terra em quatro cidades” da ilha de Bilaran, declarou à agência noticiosa AFP Sofronio Dacillo, responsável pelo serviço de gestão de catástrofes, acrescentando que os corpos foram recuperados.

O serviço meteorológico das Filipinas informou hoje que a tempestade perdeu força nas últimas 24 horas enquanto seguia pelo centro das Filipinas, onde já tinha causado três mortos e seis desaparecidos, além de 221.953 pessoas afetadas pelas inundações e deslizamentos de terra.

Pelo menos duas pontes e 19 troços de estradas ficaram intransitáveis e 15.534 pessoas ficaram imobilizadas em diferentes portos devido ao cancelamento das viagens marítimas.

Foram também cancelados 57 voos nacionais desde o dia 13 por causa do Kai-Tak, incluindo pelo menos 21 hoje.

Entre 15 e 20 tufões passam todos os anos pelo arquipélago das Filipinas durante a época das chuvas, que tem início em maio ou junho e acaba em novembro ou dezembro.