Secretário de Estado Rex Tillerson chamou “imbecil” a Donald Trump, noticia a NBC News

04 Out 2017 / 17:08 H.

O secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, apelidou Donald Trump de “imbecil” após uma reunião em julho no Pentágono, ameaçando demitir-se devido a divergências graves com o Presidente dos Estados Unidos, noticiou hoje a NBC News.

De acordo com a cadeia de televisão norte-americana, que cita vários altos responsáveis norte-americanos, o vice-Presidente Mike Pence acalmou a situação, encontrando-se com o chefe da diplomacia poucos dias depois da reunião de 20 de julho para lhe pedir para que este demonstrasse mais respeito para com Trump.

Ainda não está claro se Donald Trump foi posto ao corrente do insulto lançado por Tillerson perante outras figuras da administração norte-americana e elementos da equipa de Segurança Nacional do Presidente. A NBC noticiou que Mike Pence e outras figuras da administração também insistiram com Rex Tillerson para que este não de demitisse.

Um conselheiro próximo do secretário de Estado desmentiu, no mesmo artigo da NBC, que Tillerson tenha ameaçado demitir-se e que tenha insultado o Presidente chamando-lhe “imbecil” [moron].

“Uau, tantas ‘fake news’ hoje”, escreveu hoje de manhã na rede social Twitter o Presidente Donald Trump.

“Pouco importa o que eu faça ou diga, eles nunca vão dizer ou escrever a verdade. Os ‘media’ ‘Fake News’ estão fora de controlo”, acrescentou Trump, sem especificar se se referia a este tema ou a outro.

Na segunda-feira, um dos conselheiros mais próximos de Rex Tillerson, R.C. Hammond, afirmou à agência francesa AFP que não havia “qualquer crise” entre o chefe da diplomacia e o Presidente, na sequência de mais um diferendo público, desta vez sobre a Coreia do Norte.

No domingo, numa série de ‘tweets’, Donald Trump pareceu desautorizar Rex Tillerson, a quem se dirige como o seu “maravilhoso Secretário de Estado”, quando este revelou publicamente a existência de “canais de comunicação” com Pyongyang que visam “sondar” as intenções do regime quanto ao seu programa nuclear.

“Ele está a perder o seu tempo a negociar”, escreveu Trump. “Guarda a energia Rex, faremos o que temos de fazer”, concluiu.

Outras Notícias