Revista Der Spiegel garante que os documentos publicados no caso Ronaldo são autênticos

11 Out 2018 / 12:56 H.

A revista alemã Der Spiegel afirmou hoje que todos os documentos publicados no caso Ronaldo são “autênticos” e que foram “meticulosamente analisados”.

A revista alemã, a primeira a divulgar o alegado caso de violação que envolve o futebolista, reagiu, assim, às acusações da defesa do craque português que indicam que os documentos são “puras invenções”.

Tópicos

Outras Notícias