Pena de morte de três irmãos mexicanos comutada para 30 anos de prisão na Malásia

21 Set 2018 / 10:27 H.

A pena de três irmãos mexicanos condenados à morte na Malásia foi comutada para 30 anos de prisão, informou hoje fonte judicial.

As sentenças foram comutadas a 26 de Março, de acordo com um dos advogados responsáveis pela defesa, Hisyam Teh Poh Teik, citado pela agência Associated Press (AP).

Presos há dez anos no país asiático, os três irmãos começam agora a cumprir mais 30 anos.

José Regino, Simon e Luis Alfonso González Villarreal foram detidos em 2008, num local onde a polícia encontrou 29 quilos de metanfetaminas. Os três sempre defenderam que estavam apenas a limpar o local.

Em Maio de 2012, o Supremo Tribunal da Malásia condenou os três irmãos por narcotráfico internacional, um crime que na Malásia pressupõe sempre morte por enforcamento.

Outras Notícias