Maha Vajiralongkorn proclamado oficialmente rei da Tailândia

01 Dez 2016 / 16:58 H.

O príncipe herdeiro Maha Vajiralongkorn foi hoje proclamado oficialmente rei da Tailândia, numa cerimónia transmitida em todos os canais de televisão tailandeses, mais de um mês após a morte do seu pai Bhumibol.

“Respondi positivamente aos desejos do defunto rei, pelo bem de toda a população tailandesa”, declarou o novo monarca após ter sido convidado pelo presidente do parlamento, líder da junta militar e primeiro-ministro, Prayut Chan-O-Cha, para subir ao trono.

O príncipe, de 64 anos, surpreendeu quando pediu, algumas horas depois da morte do seu pai a 13 de outubro, um período de tempo antes de assumir o cargo.

Maha Vajiralongkorn herda uma das monarquias mais ricas do mundo, bem como uma nação politicamente perturbada.

A cerimónia decorreu no seu palácio de Banguecoque e os templos budistas em todo o país foram convidados a bater tambores e gongos após a sua proclamação.

Ele torna-se Rama X da dinastia Chakri da Tailândia, mas só será formalmente coroado após a cremação do seu pai, prevista para o próximo ano.

Maha Vajiralongkorn terá agora a pesada tarefa de sossegar os receios relacionados com o seu caráter instável, fonte de rumores e preocupações quanto à sua capacidade de incorporar um dia a figura de Pai da Nação.

A monarquia constitucional da Tailândia tem poderes limitados, mas conta com a lealdade de grande parte da elite empresarial do reino, bem como de umas forças armadas que têm dominado a política através dos seus golpes regulares.

Também está protegida das críticas por uma das mais severas leis de lesa-majestade do mundo, que prevê até 15 anos de prisão por cada acusação de difamação do rei, rainha, herdeiro ou regente.

Outras Notícias