Desmantelada na Bulgária rede de tráfico de migrantes entre a Turquia e a UE

21 Mar 2018 / 14:12 H.

Membros da polícia especializados em crime organizado detiveram 18 pessoas e desmantelaram uma rede de tráfico de migrantes que operava desde a Turquia com destino à União Europeia (UE), informou hoje o Ministério do Interior da Bulgária.

No decorrer da operação, realizada no passado sábado em Sófia e noutras duas regiões fronteiriças, foram apreendidos sete detidos, de nacionalidade búlgara, turca e síria, acusados de pertencerem a uma organização criminal, um delito que pode levar a penas de entre três a dez anos de prisão.

Na operação foram realizadas 15 buscas em residências na capital búlgara e noutras duas cidades e confiscados telemóveis e cartões telefónicos, bem como uma quantidade de dinheiro não especificada.

Desde o início do ano, a polícia búlgara reteve 181 pessoas que cruzaram a fronteira da Bulgária de forma ilegal, o que representa 52% menos do que em 2017.

A fronteira entre a Bulgária e a Turquia, com uma extensão de 259 quilómetros, é vigiada com a ajuda da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira (Frontex).

Outras Notícias