“Não pensava que o Cafôfo fosse ter a maioria”

02 Out 2017 / 11:00 H.

Em plena ‘ressaca’ das eleições autárquicas, decorridas na noite do passado domingo, a rubrica desenvolvida na manhã de hoje foi exclusivamente dedicada a este acontecimento que toma conta de quase todas as conversas das pessoas que se dirigem à loja do DIÁRIO, nesta segunda-feira, 2 de Outubro.

Neste sentido, a equipa de reportagem do DIÁRIO falou com Alberto Figueira, um leitor que deixou um comentário sobre os actos eleitorais e consequentes resultados das autárquicas.

Alberto diz que as campanhas foram muito fracas e não estava à espera que Paulo Cafôfo ganhasse a presidência da Câmara do Funchal com maioria absoluta. Além disso, sublinha que o exercício de voto deveria ser, além de direito, um dever.

Tópicos