GR quer que os madeirenses paguem 86 euros para viajar para o continente mas companhias aéreas não aceitam esse modelo

21 Nov 2017 / 10:00 H.

O Subsídio de Mobilidade volta a estar no principal foco noticioso do dia, sendo que o Governo Regional voltou a reforçar que pretende que os madeirenses paguem apenas o valor do subsídio (86 euros) para as viagens ao continente, no entanto, a TAP e a easyjet não aceitam esse modelo, assunto para ler na edição em papel desta terça-feira.

Outro assunto que é desenvolvido na edição de hoje tem a ver com a falta de chuva na Região que já está a ter consequências nas lagoas que armazenam água para o regadio.

Roberto Ferreira, sub-director do DIÁRIO, fala também dos 506 milhões que o Governo da República deu a mais aos Açores do que à Madeira e da comissão de inquérito parlamentar ao SESARAM que vai acontecer já amanhã, na qual o JPP vai lançar a ideia de se criar a figura do Provedor do Utente do Serviço Regional de Saúde.

Tópicos

Outras Notícias