Empresas de segurança privada carecem de fiscalização

13 Nov 2017 / 10:00 H.

A segurança tem honras de primeira página na edição de hoje do DIÁRIO, que dá conta do investimento de 1,5 milhões de euros por parte do Governo Regional para a restauração das abóbadas da cabeceira do Aeroporto.

Ricardo Duarte Freitas, coordenador do DIÁRIO, fala também do tema que faz manchete e que tem a ver com a segurança privada que carece de inspecção do Trabalho, da Segurança Social e das Finanças.

No artigo presente nas primeiras páginas, pode ficar a saber que o DIÁRIO falou com várias empresas de segurança privada na Madeira que falam da falta de imparcialidade e de rigor nos actos de fiscalização realizados pela Polícia de Segurança Pública (PSP).

Tópicos

Outras Notícias