“As listas de espera [dos polícias madeirenses que querem trabalhar na área de residência] deviam ser mais pequenas”

13 Set 2017 / 11:00 H.

A manhã desta quarta-feira, 13 de Setembro, foi recheada com mais uma edição da rubrica que não vive sem café.

Hoje, o DIÁRIO tomou ‘Uma Bica Com’ João Baptista, um leitor que deixou a sua opinião sobre o tema em manchete na edição impressa de hoje, que fala da revolta dos candidatos madeirenses ao Curso de Formação de Agentes da PSP, que se vêem agora obrigados a viajar até Torres Novas para prestar provas.

O leitor defende que as provas devem ser feitas na área de residência dos candidatos, tal como acontecia em anos anteriores, e defende que deve haver mais polícias jovens na Região.

A nossa conversa abrangeu as listas de espera para os agentes madeirenses que querem trabalhar na sua área de residência, sendo que o leitor considera que deviam ser mais curtas, tal como acontece em outras regiões do país.

Tópicos

Outras Notícias