Vinho Madeira marcou presença numa aula da Universidade do Porto

IVBAM foi convidado a fazer um masterclass sobre Vinho Madeira

Porto /
24 Nov 2017 / 11:39 H.

Os Vinhos da Madeira estiveram em destaque, numa aula da disciplina de ‘Fortified Wines Production’, integrada no programa ‘Erasmus Mundus Master on Wine Tourism Innovation’ (WINTOUR), programa este que combina o conhecimento e a experiência em Vinha, Vinho e Turismo e que surge no âmbito de uma parceria entre a Universidade do Porto, a Universidade Rovira i Virgili e a Universidade de Bordéus, sendo que todas estas universidades estão localizadas em áreas turísticas com uma longa tradição sobre o vinho e a sua produção.

Neste semestre a Universidade do Porto tem a seu cargo o referido programa e neste âmbito foi feito um convite ao IVBAM para fazer um masterclass sobre Vinho Madeira aos 25 alunos que o integram, cuja formação é claramente multidisciplinar e multissectorial, provenientes de 19 países diferentes.

Com esta acção o IVBAM teve a oportunidade de promover o Vinho Madeira, realçando o seu particular método de produção, que lhe confere características únicas e especiais, a um público que, estando a formar-se em áreas directamente ligadas ao mundo vínico, poderá futuramente assumir-se como prescritor do Vinho Madeira, nas suas diferentes áreas de acção a nível profissional.

O referido masterclass incluiu provas de Vinhos Madeira das empresas produtoras CAF – Madeira Vintners; Henriques & Henriques, Vinhos S.A.; J. Faria & Filhos, Lda e Justino’s – Madeira Wines, S.A. e teve um resultado satisfatórios, com os alunos a demonstrarem muito interesse em conhecer o Vinho Madeira, bem como, os factores naturais e humanos que influenciam a produção deste Vinho Único no Mundo, desde a cultura da vinha, passando pelo seu método de produção, até o seu engarrafamento.

Numa perspectiva de aprofundar conhecimentos, alguns dos alunos ficaram motivados para conhecerem ‘in loco’ a Região Demarcada da Madeira.

A participação neste tipo de acções é cofinanciada em 85% por fundos comunitários, veiculados pelo Programa Madeira 14-20, sendo o restante montante suportado pelo orçamento regional.