Vereador do PSD acusa CMF de manipular Orçamento Anual

09 Nov 2017 / 15:58 H.

No final da reunião de Câmara desta manhã, no Funchal, o vereador do PSD Jorge Vale Fernandes manifestou estranheza pela forma como este executivo trata os números e as receitas da autarquia.

“Por um lado assiste-se a uma clara manipulação dos números, onde são inseridas verbas no Orçamento Anual sem que depois se façam as obras prometidas; por outro lado vemos uma série de manipulações e de revisões ao orçamento que permite a este executivo poder anunciar que a execução orçamental será próxima dos 100%” refere.

Segundo o vereador, esta autarquia continua a queixar-se das verbas não transferidas pelo governo regional, referentes a 2009 e 2010, e que têm servido de desculpas para a não realização de obras e actividades. “Agora, em vez deste executivo colocar mãos à obra e procurar soluções, queixa-se e diz que não faz por não ter verba”, refere, relembrando que em 2009 e 2010 a vereação PSD ocupava as funções executivas na câmara e conseguiu um valor de investimento na ordem dos 30 milhões de euros, em 2009, e 18 Milhões em 2010, conseguindo, mesmo sem essa verba, fazer obras e diversas iniciativas em prol dos munícipes.

“O PSD tem uma postura sempre colaborativa, pensando sempre no benefício dos munícipes do Funchal e por isso absteve-se à proposta da revisão do orçamento da Câmara por serem claramente manobras de engenharia contabilística e financeira”, diz o vereador Jorge Vale Fernandes.

Outras Notícias