Tempestade tropical deverá atingir o arquipélago da Madeira a partir de sábado

11 Out 2018 / 18:34 H.

Os meteorologistas do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e do Centro Nacional de Furacões (EUA) continuam a seguir com preocupação a evolução do furacão ‘Leslie’ que se desloca no Atlântico Norte, num momento em que é cada vez maior a probabilidade de a depressão atingir o arquipélago da Madeira sob a forma de tempestade tropical, a partir de sábado.

Segundo apurou o DIÁRIO na tarde desta quinta-feira, o IPMA está a preparar um comunicado para informar a população sobre o ponto da situação da tempestade tropical ‘Leslie’, contudo, aguarda dados mais precisos de modo a calcular as probabilidades com outro grau de certeza, de modo a poder também emitir os respectivos avisos meteorológicos de acordo com as previsões de chuva, vento e agitação marítima.

Há alguns dias que os meteorologistas do IPMA e do National Hurricane Center (EUA) vêm seguindo com preocupação a evolução do ciclone tropical, analisando com base nos modelos deterministas e procurando prever a trajectória que o ‘Leslie’ adoptará à medida que evolui no oceano na rota da Madeira. “Já passou mais algum tempo, a trajectória está a aproximar-se da Madeira, portanto é uma situação que nos deixa preocupados e atentos à vigilância”, afirmou Paula Leitão, meteorologista do IPMA, no balanço efectuado ao DIÁRIO na tarde da última terça-feira.

Recorde-se que a tempestade tropical manteve-se estacionária no Oceano Atlântico, a cerca de 150 kms a Sudoeste do arquipélago dos Açores mas na quarta-feira começou a deslocar-se no oceano, vindo a aumentar de força, passando a furacão de nível 1, conforme o DIÁRIO noticiou oportunamente.

Os rands meteorológicos seguintes indicavam primeiramente que o ciclone passava a Norte do arquipélago, depois sugeriam uma dissipação da tempestade antes de atingir a região da Madeira e, mais tarde, para uma inflexão para Sul aproximando-se mais do arquipélago das Canárias.

Contudo, apurou o DIÁRIO junto do IPMA, as últimas actualizações do NHC que foram partilhadas durante o dia de hoje voltam a colocar o furacão na rota da Madeira com o epicentro a fazer uma trajectória muito localizada nas ilhas da Madeira e do Porto Santo, dando assim como fortes as probabilidades de a depressão atingir o arquipélago já na qualidade de tempestade tropical, confirmando as previsões traçadas na terça-feira.

De acordo com a previsão meteorológica do National Hurricane Center, o momento mais crítico deverá situar-se no intervalo temporal entre a manhã de sábado e a manhã de domingo, conforme pode constatar na imagem. Nesse período, é de esperar ventos fortes e chuvas intensas no intervalo de algumas horas. A intensidade e volume de precipitação só poderá ser calculado com grau de precisão e certeza nas próximas horas.

Outras Notícias