Reunião de trabalhadores no porto de Lisboa afecta abastecimento da Madeira

Pelo menos dois navios porta-contentores só chegam na terça-feira, em vez de segunda-feira

22 Jun 2018 / 22:06 H.

O plenário de trabalhadores portuários em Lisboa realizada hoje durante todo o dia, deixou todos os navios parados, incluindo os navios para a Madeira.

Segundo o DIÁRIO apurou, o navio ‘Funchalense 5’ da Empresa de Navegação Madeirense e o navio ‘Monte Brasil’ da Transinsular que só vão trabalhar (descarga e carga) durante o fim-de-semana em Lisboa, levará a que só cheguem na terça-feira em vez de chegarem na segunda, o que ocorreria pelas 8 horas da manhã.

Refira-se que o clima de instabilidade volta a Lisboa e pode pôr em causa o normal e regular abastecimento das regiões autónomas da Madeira e dos Açores, mas para já apenas com atraso de um dia.

A reunião plenária foi convocada pelo Sindicato Nacional dos Estivadores, Trabalhadores do Tráfego, Conferentes Marítimos e Outros, em conflito com o Grupo Yilport, administradora do grupo de empresas do porto de Lisboa.

Outras Notícias