PTP apresenta voto de protesto contra “a atitude desrespeitosa” de Cafôfo perante a ALRAM

Partido diz-se “contra a atitude desrespeitosa do Sr. Presidente da Câmara Municipal do Funchal em não prestar esclarecimentos a uma comissão da ALRAM”

14 Dez 2017 / 18:47 H.

A deputada do PTP na ALRAM apresentou um voto de protesto, onde mostra a posição do partido relativamente à chamada de Paulo Cafôfo à Assembleia Legislativa da Madeira. “Contra a atitude desrespeitosa do Sr. Presidente da Câmara Municipal do Funchal em não prestar esclarecimentos a uma comissão da ALRAM” é o nome do voto de protesto de Raquel Coelho.

Segundo o documento encaminhado à comunicação social, “foi com um misto de estupefacção e grande indignação, que os deputados da Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira receberam uma missiva, datada de 22 de novembro de 2017, do sr. Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Prof. Paulo Cafôfo, anunciando que não iria prestar declarações à 5º Comissão Especializada de Saúde e Assuntos Sociais, relativas à queda de uma árvore, na freguesia do Monte, e que vitimou 13 cidadãos no passado mês de Agosto2.

Raquel Coelho considera mesmo que esta atitude por parte do autarca demonstra “desrespeito e a falta de sentido democrático do sr. Prof. Paulo Cafôfo perante esta assembleia e perante os representantes do povo desta Região Autónoma”.

“Esta recusa ainda é mais gravosa e insidiosa, porque o sr. Prof. Paulo Cafôfo prometeu a todos os funchalenses uma MUDANÇA de comportamentos e um maior respeito pelas instituições democráticas e, inclusivamente, até chegou a criticar outros agentes políticos do passado, de não respeitarem o órgão máximo da nossa autonomia regional”.

“Deste modo, vem esta assembleia expressar o seu mais veemente repúdio e indignação por esta atitude inqualificável, desrespeitosas e antidemocrática do Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Prof. Paulo Cafôfo”, termina o PTP.

Outras Notícias