Programa da reunião que congregará 30 armadores internacionais na Madeira na próxima semana

21 Abr 2017 / 11:40 H.

Conforme já noticiou o DIÁRIO, a European International Shipowners Association of Portugal (EISAP) organiza, na Madeira, entre 26 e 28 de Abril, a sua I Reunião Geral, trazendo à Região 30 armadores e agentes internacionais de relevo.

A MSC, a Arista Shipping, a Hammonia Reederei, a Amisco, a Reederei NSB, a Reederei Winter, a Briese Shipping, a TB Marine, a Rix Shipmanagement, a BF Shipmanagement, a Coral Shipmanagement e a TMS Shipmanagement, provenientes de países como a Alemanha, a Estónia, o Chipre, a Letónia e a Grécia, estão entre os presentes.

O grupo será recebido na Quinta Vigia pelo Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, e far-se-á acompanhar pelo embaixador da Alemanha em Lisboa, Christof Weil.

Do programa constam ainda worshops com a SDM e a Comissão Técnica do MAR.

Programa

26 de Abril

• Chegada dos participantes. Cocktail privado ao final da tarde.

27 de Abril

• Pequeno almoço de trabalho conjunto

• Manhã destinada a programa social

• Almoço tradicional madeirense, em conjunto com a SDM e com a Comissão Técnica do MAR

• 15:30-17:30 – Wokshops com SDM e Comissão Técnica do MAR – Sala Mónaco

Hotel Porto Mare (Zona do Lido) – Aberto à comunicação social

• Recepção na Quinta Vigia, promovida pelo presidente do Governo Regional da Madeira

28 de Abril

• Encerramento dos trabalhos, em reunião liderada pelo presidente da EISAP, Robert Lorenz-Meyer

Sobre a EISAP

A European International Shipowners Association of Portugal foi criada em 2016 com o objectivo central de defender os legítimos interesses dos armadores internacionais com navios registados na Madeira.

Integra, nos seus corpos sociais, representantes de alguns dos players mais relevantes do universo global do shipping. Entre os seus associados estão alguns dos mais importantes armadores europeus.

No seu primeiro ano de actividade procurou trabalhar, com os governos da Região e nacional, no sentido de encontrar soluções para dar mais competitividade ao Registo Internacional de Navios que, com vontade política, poderá transformar-se, a médio prazo, no maior registo da União Europeia, afirmando-se assim como um projecto da Madeira, mas também do país e da Europa.

Para além da defesa dos interesses legítimos dos armadores, a EISAP pretende contribuir, com o conhecimento dos seus associados, para o desenvolvimento de um verdadeiro cluster marítimo em Portugal.

Tópicos

Outras Notícias