Primeira operação de fornecimento de gás natural a um navio realizada em Portugal foi no Funchal

20 Nov 2017 / 21:21 H.

A empresa Gáslink, do Grupo Sousa, realizou, hoje, a primeira operação de fornecimento de gás natural a um navio em Portugal. A operação decorreu no Porto do Funchal e o navio abastecido foi o AidaPrima.

O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, esteve presente e destacou a importância deste novo serviço do porto. A visita foi acompanhada pela presidente da APRAM SA, Lígia Correia, e pelo presidente o Grupo Sousa, Luís Miguel Sousa, o Capitão do Porto do Funchal, Paulo Silva Ribeiro e a directora regional adjunta de Economia, Patrícia Caires.

A Gáslink, em parceria com a GALP, realizou com sucesso o fornecimento ao navio de cruzeiros. A operação decorreu durante cerca de duas2 horas.

O Grupo Sousa garante a logística e condução da operação com o navio, sendo o gás da GALP, à semelhança do que vem sucedendo na operação de fornecimento de gás natural à Empresa de Electricidade da Madeira desde 2014.

As operações de fornecimento de GNL ao navio AidaPrima deverão uma regularidade semanal até Abril do próximo ano, durante as escalas que o navio fará no porto do Funchal, às segundas-feiras.

Esta é, segundo a empresa, uma estreia mundial neste tipo de operações (LNG fuelling) realizada numa ilha, também por basear-se num gasoduto virtual permanente de GNL, implementado desde 2014 entre o Terminal de GNL em Sines e a ilha da Madeira.

Outras Notícias