Passar Santa Cruz de dormitório a concelho criador de emprego

20 Mai 2017 / 15:03 H.

É o objectivo anunciado pelo candidato do PS à Câmara Municipal de Santa Cruz. Cláudio Torres quer que o concelho deixe de ser um dormitório, onde até os turistas não permanecem para gastar o seu dinheiro, e passar a ser cum concelho que capte investimento e crie emprego.

O candidato foi, hoje, confirmado pela Concelhia socialista como tal, e, logo, deixou claros quais os eixos de desenvolvimento que defende para o concelho: Revisão do IMI, Revisão do PDM e revisão do regulamento de taxas.

Na mesma ocasião, Cláudio Torres criticou o presidente Filipe Sousa por, ao que afirmou, discriminar os empresários pela sua cor política, algo com que diz discordar.

Na reunião da Concelhia, participou o presidente regional do PS. Carlos Pereira disse-se “muito orgulhoso” do candidato que o PS apresenta, naquele concelho, o que representa “o corolário de um conjunto de aspectos” definidos pelo partido para Santa Cruz. “Os santa-cruzenses precisam de um projecto do PS para mudar um conjunto de coisas que os santa-cruzenses vivem”.

Nas eleições autárquicas de 2013 o PS apoiou o movimento JPP, que governa o Município.

Tópicos