Novos membros do Governo Regional da Madeira tomam hoje posse

20 Out 2017 / 09:12 H.

Os três novos membros no XII Governo Regional da Madeira, na sequência da remodelação operada pelo presidente do executivo após as eleições autárquicas, tomam hoje posse, numa cerimónia que decorre na Assembleia Legislativa do arquipélago.

O chefe do executivo madeirense, o social-democrata Miguel Albuquerque, decidiu proceder a uma remodelação da orgânica do Governo Regional após as eleições autárquicas que se realizaram a 01 de outubro, declarando ser necessário “melhorar a eficácia” e fazer face a um “novo ciclo de expansão e crescimento” na Madeira.

Miguel Albuquerque optou por criar uma vice-presidência, que fica na responsabilidade de Pedro Calado, que integrou o seu elenco do executivo quando liderou a Câmara do Funchal.

Sob a alçada de Pedro Calado ficam as pastas das Finanças, da Economia, dos Transportes e a coordenação política.

O XII Governo Regional da Madeira tem dois novos secretários regionais: Paula Cabaço, que passa a titular do Turismo e Cultura, e Amílcar Gonçalves, que tem a responsabilidade dos Equipamentos e Infraestruturas.

Do anterior executivo madeirense foram afastados Sérgio Marques (secretário dos Assuntos Parlamentares e Europeus) e Eduardo Jesus (secretário da Economia, Turismo e Cultura).

Também saiu o secretário das Finanças e Administração Pública, Rui Gonçalves, que já havia manifestado o desejo de abandonar o elenco governativo.

Transitam do anterior Governo Regional Rita Andrade (Inclusão, Assuntos Sociais e Habitação), Jorge Carvalho (Educação, Juventude, Desporto, Assuntos Parlamentares e Comunidades) e Humberto Vasconcelos (Agricultura e das Pescas.)

Também a secretaria da Saúde continua a ser liderada por Pedro Ramos e a do Ambiente por Susana Prada. Esta é a quarta alteração efetuada na orgânica do Governo Regional. A secretaria regional da Saúde já teve duas remodelações (Manuel Brito e Faria Nunes) e a da Inclusão Social uma devido à saída de Rubina Leal para concorrer à presidência da Câmara Municipal do Funchal nas eleições autárquicas de 01 de outubro.

Outras Notícias