Mergulhadores da Marinha colaboram na criação de recife artificial na Madeira

02 Set 2018 / 11:04 H.

Um comunicado da autoridade marítima, hoje dirigido à redacção, dá conta que uma equipa de mergulhadores da Marinha encontra-se no Funchal a preparar a fase final da complexa operação de afundamento do EX-NRP Afonso Cerqueira.

Nesta fase os mergulhadores são responsáveis pela definição e execução de um plano de aberturas no casco do navio com recurso a cargas explosivas e, posteriormente, realizar os primeiros mergulhos para garantir que o navio apresenta as condições de segurança para poder ser visitado pela comunidade subaquática.

O afundamento do navio está previsto para terça-feira, dia 4 de Setembro, a sul do Cabo Girão, onde irá cumprir “a sua derradeira e mais longa missão: criar um recife artificial proporcionando um habitat a inúmeras espécies marinhas que serão a sua última guarnição”.

Refira-se que o ex- NRP Afonso Cerqueira (F488) foi uma corveta da classe ‘Baptista de Andrade’, da qual ainda se encontra no activo o NRP João Roby. A antiga corveta Afonso Cerqueira entrou ao serviço da Marinha em 28 de Junho de 1975. A sua vida operacional do navio terminou em 11 de Março de 2015, com o arriar dos símbolos nacionais.

Outras Notícias