Mau tempo obriga a limpezas na Ribeira Brava

O vento e a chuva originaram a queda de árvores e de rocha nas zonas altas das freguesias da Tabua, Campanário e Ribeira Brava.

08 Fev 2018 / 17:44 H.

Face ao mau tempo que se fez sentir estes dias a Câmara Municipal da Ribeira Brava foi chamada a intervir para a desobstrução de alguns caminhos municipais. O vento originou a queda de algumas árvores e de rochas sobretudo nas zonas altas das freguesias da Tabua, Ribeira Brava e Campanário.

Das acções no terreno, Paulo Andrade destacou “a rápida intervenção de toda a equipa camarária”, bem como “o apoio fundamental prestado pelos bombeiros” para a desobstrução das vias. Para o Vereador com o pelouro da Proteção Civil, a “situação mais crítica foi a do sítio do Lugar da Serra, na Tabua”, que obrigou à remoção de um grande volume de matéria florestal.

Neste momento todas as estradas estão transitáveis naquelas três freguesias, tendo sido recentemente aberta a estrada que dá acesso ao sítio da Furna, na Ribeira Brava.

Outras Notícias