Marchas de São João visam descentralizar cultura no Funchal

Iniciativa da autarquia leva festa popular ao Mercado da Penteada

22 Jun 2018 / 22:49 H.

A Câmara Municipal do Funchal mantém a aposta na descentralização das actividades culturais, no caso com as marchas populares de São João no Mercado da Penteada, retirando assim uma actividade do centro para a periferia da cidade.

A iniciativa é realçada pelo vereador Miguel Silva Gouveia que hoje, ao final da tarde, marcou presença no arranque das festividades, salientando que esta é uma política para continuar com as actividades culturais um pouco por toda a cidade.

No caso de São Roque, a escolha recaiu pela centralidade e proximidade a outra freguesia, como é o caso de Santo António, destacando que no Mercado da Penteada vive-se “um ambiente muito agradável, intergeracional, com pessoas de todas as idades, que convergem para a zona e terem um final de tarde muito agradável e poderem assistir aquelas que são as marchas populares dos ginásios, das entidades e casas do povos que o Município também apoia numa perspectiva social”, disse.

Outras Notícias