Madeira antecipa para Junho próximo concurso de professores

19 Mai 2017 / 11:54 H.

O secretário regional de Educação, Jorge Carvalho, anunciou, esta manhã, na abertura do 12.º Congresso dos Professores da Madeira, que o próximo concurso de docentes será aberto em Junho, “muito mais cedo” do que tem sido habitual, de modo que os profissionais possam preparar com a devida antecedência as actividades lectivas, organizar a sua vida pessoal e gozar as férias de forma tranquila.

O governante defendeu que a Madeira “tem procurado condições para valorizar o professor” e é um exemplo a nível nacional em termos de estabilidade do corpo docente, sublinhando que não há problemas de precariedade como acontece a nível nacional. Prova disso é “o facto de tendo sido criada agora uma condição para uma vinculação extraordinária por parte do Ministério da Educação não se encontramos nenhum professor que se enquadre nesses critérios na Região, isto porque há algum tempo atrás procurou-se essa mesma vinculação”, referiu Jorge Carvalho, que disse que “dos 400 e poucos professores” que estão a contrato na Madeira “392 são para suprir baixas médicas” ou seja, são para “suprir necessidades excepcionais e não permanentes do sistema”.