JPP vai ouvir a população sobre exclusividade e imunidade dos deputados

20 Fev 2018 / 14:25 H.

O Juntos Pelo Povo realizou, esta manhã, umas jornadas de trabalho que abordaram a Reforma do Sistema Político. Um processo que decorre no parlamento regional, onde já foi alterado o regimento e estão em discussão propostas de revisão do Estatuto Político-Administrativo da Madeira.

No final do encontro, Élvio Sousa anunciou a intenção do JPP de ouvir a população sobre estas matérias, mais precisamente sobre os temas da exclusividade e imunidade parlamentares.

“Durante o mês de Março vamos inquirir os cidadãos e gostaríamos que nos fizessem chegar as suas opiniões, relativamente a esta matéria”, informou o deputado que lembra que o JPP “vai defender intransigentemente o regime de exclusividade dos deputados, que são mandatados pelo povo para cumprir essa função e devem dedicar-se em exclusivo a essa missão de defesa da população”.

Élvio Sousa considera que “os conflitos de interesse geram situações de pouca vergonha e de falta de ética que alimentam a promiscuidade” na política.

O dirigente do JPP apresentou questões concretas, nomeadamente a situação de deputados advogados.

“Vemos deputados a acumularem funções de advogados ou de gestores, votando leis durante a manhã no plenário e à tarde beneficiarem dessas mesmas lei ou, como já sucedeu, advogados a votarem favoravelmente iniciativas do JPP no que diz respeito à fiscalização do poder executivo e depois defenderem o Governo dessa mesma acção fiscalizadora”, afirma.

Tópicos

Outras Notícias