JPP denuncia “situação caótica” em escolas da Região devido a avarias

13 Nov 2017 / 15:10 H.

O Juntos pelo Povo (JPP) denunciou, esta manhã, a “situação caótica” em que se encontram algumas escolas da Região, devido a avarias em equipamentos por consertar, em alguns casos há cerca de meio ano.

“É de lamentar a avaria de uma varinha mágica há meses, obrigando a que os funcionários ou as próprias educadoras tenha de trazer uma de casa para fazer o puré para as crianças. Há também avarias em fogões, originando atrasos na confecção da comida. Há frigoríficos, cujas portas não fecham, pondo em risco a própria conservação dos alimentos, que depois serão consumidos pelas crianças”, revelou Paulo Alves no seguimento de uma conferência de imprensa, junto à Escola Básica da Camacha.

“Sabemos que a Divisão de Serviços de aquisições e manutenção tenta ser célere na resolução dos problemas, mas isso não acontece porque existe apenas um funcionário para dar resposta a estas situações, em todas as escolas públicas da Região, do 1.º ciclo, pré-escolar, infantários e creches”, sublinhou o deputado.

O JPP diz não compreender como é que “o Governo Regional aposta quase 50 milhões em obras públicas - conforme foi noticiado recentemente – e não tem dinheiro para resolver estas questões”.

Outras Notícias