IEM apoiou família venezuelana em 50 mil euros para abertura de hamburgaria

Instituto de Emprego da Madeira já aprovou este ano 36 novos postos de trabalho e canalizou 337 mil euros no âmbito de um só programa

19 Abr 2018 / 12:08 H.

A visita surge no âmbito das várias iniciativas que têm vindo a ser realizadas aos estabelecimentos que são apoiados pelo Governo Regional, através do Instituto de Emprego da Madeira (IEM). “É muito importante perceber, para além do que ficou documentado até à aprovação do projecto, como é que os negócios estão a decorrer, com o seu sucesso, se estão a corresponder às expectativas e se a facturação está equilibrada”, referiu Rita Andrade, secretária regional da Inclusão e Assuntos Sociais, na visita que realizou esta manhã à ‘Monster Burger’, hamburgaria situada na Ajuda, depois de terem sido canalizados 50 mil euros ao estabelecimento, por via do programa ‘Novos Empreendedores’.

De acordo com a secretária, este “é um projecto que tem algumas características peculiares, uma delas o facto de ser um conceito de hambúrgers numa zona residencial e que tem tido bastante sucesso, mas mais do que isso trata-se de uma família oriunda da Venezuela, portanto é um dos projectos que já apoiámos a famílias oriundas” daquele país e “que montaram o seu próprio” negócio.

A família chegou aqui no final de 2016 e em Dezembro de 2017 abriram este negócio que “está a correr muito bem, portanto, é um motivo de grande satisfação e é mais uma empresa criada”, mencionou Rita Andrade, adiantando que só ali foram criados quatro novos postos de trabalho apoiados directamente pelo Governo Regional.

“Há dois postos de trabalho com menos de 25 anos, portanto, na senda do combate ao desemprego jovem, e outro posto de trabalho com mais de 45 anos, de combate ao desemprego de longa duração, portanto é um projecto que nos pareceu importante divulgar e dar visibilidade”, mencionou.

“Todos os meses apoiamos vários projectos, claro que não aprovamos todos, só aqueles que nos oferecem garantias e apresentam um plano de negócio, viabilidade e inovação. Temos apoiado ao longo destes anos muitos projectos, só este ano já aprovamos 36 postos de trabalho, no âmbito deste programa específico, que representa 337 mil euros”, afirmou Rita Andrade, destacando que o IEM tem ao dispor da população 14 programas de emprego.

Outras Notícias