Equipa de Emanuel Câmara garante: “Sim, estamos prontos para governar”

03 Fev 2018 / 16:22 H.

João Pedro Vieira é quem está a apresentar a moção subscrita por Emanuel Câmara e não o próprio presidente: ‘Um futuro pelas pessoas’.

“Não existem dois blocos: existe o PS.” Assim começou a intervenção, numa resposta directa à intervenção de Carlos Pereira, tendo merecido muitos aplausos. “O PS não está dois pontos atrás do PSD, está dez à frente do PSD”.

João Pedro Viera também recusa que a autonomia seja usada como arma política e disse que Carlos Pereira se pode juntar aos estados gerais.

O futuro secretário-geral do PS, que é vereador de Paulo Cafôfo na CMF, deixou uma palavra de agradecimento a todos quantos trabalharam pelo PS. e hoje, passados 45 anos: “Sim estamos prontos para governar.”

João Pedro Vieira diz que está a nascer uma estrutura que é o orgulho de todos os socialistas e diz para olhar para as Mesas, do Congresso e de Honra, para ficar demonstrada a unidade interna.

João Pedro Vieira lembrou as vitórias nas autárquicas e diz que, hoje, esse é o melhor sinal do que é ser socialista na Madeira: proximidade às pessoas.

Para 2019, além de ganhar a Madeira, os socialistas madeirenses querem contribuir para a reeleição de António Costa como primeiro-ministro. “Vamos começar a formar um Programa de Governo” através dos Estados Gerais. Um programa “mobilizador, reformista”. “O PS estará, mais do que nunca, aberto à sociedade civil”.

No programa que pretende, também a moção de Emanuel Câmara acentua as questões da saúde, que deve ser “um bem de todos”. Mas a habitação também será uma prioridade, a par da educação, que “dê oportunidade a todos”.

Os jovens foram também mereceram demoradas palavras por parte do apresentar da moção de Emanuel Câmara.

João Pedro Vieira também se referiu às questões económicas, onde pontuam o turismo, uma nova mobilidade - aérea, marítima e terrestres, a administração pública, e defendeu que a energia deve sempre ficar em mãos públicas.

Uma actuação governamental à semelhança do que as autarquias socialistas têm feito.

“No dia 19 de Janeiro, demos início a um novo rumo, que já é marcado pela união”.

“Estamos prontos para trabalharmos todos os dias, para ganharmos em 2019 (...), sempre a lutar por uma causa apenas: mudar o Governo Regional do PSD. (...) Podem acreditar em nós”.

“Teremos o candidato que os madeirenses querem e um Governo que os madeirenses desejam”.

João Pedro Vieira continua a apresentação da Moção, agora, com uma tónica mais política, à semelhança da forma como começou.

Outras Notícias