Depois das contratações na Saúde, Governo quer pessoal para as escolas, diz Miguel Albuquerque

Veja o vídeo com a actuação do Coro da Jaime Moniz e a entrega de Prémios no Dia da Escola celebrado esta segunda-feira.

15 Jan 2018 / 13:14 H.

Jorge Moreira, presidente do Conselho Executivo da Escola Secundária Jaime Moniz, abriu os discursos do Dia da Escola e lançou um pedido a Miguel Albuquerque e a Jorge Carvalho, presentes na cerimónia: mais funcionários para colmatar os quadros técnicos que foram saindo das escolas :”É urgente a contratação. Na década de 80 tínhamos 180 funcionários e hoje temos 74”. Pessoal docente que deve estar, diz Jorge Moreira, adaptado aos dias actuais e às novas tecnologias - não só para acompanhar os alunos, como também para lhes facultar ferramentas voltadas para o futuro.

Miguel Albuquerque respondeu ao repto, considerando-o justo. Para já, avança o Presidente do Governo Regional, agora, depois de consolidadas as finanças públicas da Região, é altura de contratar pessoal para os serviços, mas por fases: “Iniciamos um processo de contratação nas áreas prioritárias, como a Saúde, com a contratação de enfermeiros”. Depois, acrescenta o Presidente do Governo Regional, será a vez “do quadro de contratação, de forma progressiva, do pessoal das escolas”.

Miguel Albuquerque reiterou ainda que actualmente “a Região tem as finanças públicas em ordem”, e que “o subsídio de insularidade para os nossos funcionários”, também já estará em andamento.

De seguida, foi altura das já tradicionais entregas de Prémios de Mérito a 98 alunos da escola com médias acima dos 18 valores. E, logo depois, arrancou a entrega de prémios para o pessoal docente da Escola Secundária Jaime Moniz.

Outras Notícias