‘Da inclusão nasce o Prato’ encerra actividades na área da saúde mental

07 Dez 2017 / 13:05 H.

No âmbito do projecto ‘Estigma da Doença Mental, um Mito Arcaico’, da área de Reabilitação da Casa de Saúde Câmara Pestana, que decorreu durante este ano 2017, a instituição desenvolve, na próxima segunda-feira, dia 11 de Dezembros, a última actividade intitulada “Da Inclusão nasce o Prato’

Trata-se de um workshop de culinária que arranca às 15 horas e será orientado pelo chef de cozinha, André Gonçalves, da equipa do Chef Octávio Freitas. O grupo será constituído por quatro jornalistas convidados e quatro utentes da Instituição, que serão todos ‘ajudantes’ na confecção do prato.

Na variedade e na diferença pode-se construir, com variados ingredientes, a arte da culinária com “pessoas sem doença mental e “pessoas com doença mental” . É esta a ideia que a iniciativa pretende passar. Todos diferentes, mas todos com capacidades e competências, assim como os ingredientes, cada um diferente, contribui à sua maneira.